Translate

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Post. 101: A VISITA DE MARIA A ISABEL


         O evangelista Lucas relata que, quando Maria ficou sabendo por meio de Gabriel que Isabel também estava grávida, foi visitá-la. As duas eram parentes, mas não se sabe em que grau; segundo a tradição eram primas. A viagem era longa de Nazaré a Ain-karim, cerca de 150 quilômetros; era poucas pessoas que usavam carruagens ou montarias, o povo mesmo ia à pé, o que demorava uns seis dias de caminhada. E Maria enfrentou esta viagem, que tudo indica que ela fez nos pés, com determinação,caminhando por região inóspita e desnivelada, carregando Jesus em seu ventre, logo no inicio da gravidez.

        Quando Maria chegou, e se encontrou com Isabel, à saudou. Relata o evangelho que, depois da saudação de Maria, Isabel ficou cheia de um Espírito Santo, e falou em bom som: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre. Que fiz para merecer a visita da mãe de meu Senhor?” Depois desta chegada emocionante, Isabel mais tranquila, como se despertasse de um transe, explicou a Maria que certamente se surpreendeu com tamanha recepção, que assim que ela escutou a saudação de Maria, a criança, no caso João Batista, saltou de alegria dentro dela.

       Pela Doutrina Espírita sabemos que, esta reação de Isabel, foi uma manifestação da criança que estava gerando, desta forma Isabel foi médium do bebê. Pois, o bebê percebeu a presença de Maria, e alegrou-se; por isso a agitação da criança no ventre dela; nisto usando Isabel como médium, ele abençoou Maria, demonstrando está honrado com sua presença. Como vimos nas postagens sobre reencarnação, o bebê fica em sintonia mental coma mãe, assim influência o ânimo, os sentimentos dela. E no caso em que o espírito já apresenta evolução, conservam a lucidez nos primeiros meses de gestação, tendo muito mais percepção. Este é o caso da gravidez de Isabel.

      Esta narrativa mostra como é linda a vida, e como é extraordinário o laço que une mães e filhos para todo o sempre, desde os seus primeiros instantes da fecundação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem deixar seu comentário no Jardim Espírita. Se for caso de resposta, responderei assim que poder, podendo levar alguns dias.
Não publicarei comentários que contenham termos vulgares, palavrões, ofensas, publicidade e dados pessoais (como e-mail, telefone, endereços, etc.). Então fiquem a vontade para comentar!