Translate

quarta-feira, 27 de março de 2013

Post.15: REFLEXÃO PARA A PÁSCOA - AMOR INCONDICIONAL & CARIDADE

           Conta-se que: Nos momentos finais da crucificação, um grupo de anjos estavam aos pés da cruz de Jesus entoando uma linda canção universal de paz, emanando tranqüilidade e amor em meio a todo caos e maldade, alguns deles tocavam as feridas de Jesus para aliviar a dor física e para cicatrizar as feridas mais rapidamente. Nisto o anjo da caridade se aproximou do peito de Jesus, e constatou que a vida estava deixando definitivamente o seu corpo físico, mas neste momento ele percebeu que Jesus queria falar alguma coisa, Estava fazendo esforço para  falar, então o anjo aproximou o seu ouvido na boca de Jesus, em seguida saiu apressado, porque Jesus lhe havia dito: “Corre, se apressa que Judas acabou de cometer suicídio, ajuda ele, vai ao socorro dele.”

         Este é o Jesus que eu sigo, o Jesus que eu amo, o Jesus mostrado pelo Espiritismo, que no pior momento se doa aos outros, pensa mais nos outros do que em si mesmo, tendo caridade acima de tudo, acima da própria dor. A mais de 2000 anos, o maior espírito que já pisou aqui na terra mostrou e ensinou o que é caridade e amor. Jesus nosso mestre amigo.  

   Muita luz nesta páscoa, que Jesus ilumine a consciência de cada um de nós.
Que assim seja!

Se gostou desta postagem, leia a postagem 58: http://jardim-espirita.blogspot.com.br/2013/07/post58-joana-darc-reencarnacao-de-judas_22.html que você também vai gostar!
Fique a vontade para comentar!

terça-feira, 26 de março de 2013

Post. 14: ENSINAMENTOS DA PÁSCOA


            Sabemos que a sociedade no tempo em que Jesus nasceu e viveu não era nada fácil de viver, estando o planeta repleto de ódio, de inveja, com desavença, lutas, com desejo de vingança e poder, mergulhado em todo tipo de sentimentos e pensamentos negativos. E umas das regiões mais afetadas nessas questões era o Oriente Médio, por isso a escolha do nosso Mestre Jesus pela região em que nasceu.
          Jesus por meio dos seus ensinamentos e mostrando o amor em sua mais pura, livre e simples expressão, veio mudar a frequência vibratória da Terra, sendo esta mudada por meio do pensamento e da emoção. Foi por meio dos seus ensinamentos, e quando Jesus Se permitiu ir para a crucificação, que Ele libertou a humanidade do velho para a chegada do novo, Conseguindo mudar a vibração do planeta em um curtíssimo espaço de tempo, em questão de pouquíssimos anos, quando Ele se permitiu ir a cruz as pessoas sentiram sentimento pelo próximo que nunca sentiram antes, e com a ajuda dos primeiros cristãos que ainda carregavam o verdadeiro sentido dos seus ensinamentos para cultivar para outros povos o sentido da sua vida, este é um dos ensinamentos da sua morte, e o que fez o planeta Terra Vibrar mais alto. Lembrando que Jesus não tirou o pecado do mundo, da humanidade, se isto tivesse acontecido já estaríamos em um mundo muito mais evoluído moralmente, mas cabe a cada um de nós pagar pelos nossos erros e acertos, a divida é nossa. Como Jesus falou: "Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me." (Mt 16,24-28) Ou seja, você é responsável pelos seus atos, pelo peso da sua cruz.  
         Jesus provou no domingo de páscoa que a morte não existe, Ele mostrou que a vida continua apesar da morte do corpo, que continuamos vivos como éramos na matéria, sendo absolutamente os mesmos.
       
         A palavra Páscoa vem do hebraico que significa libertação, então concluímos que Jesus libertou a humanidade de sua forma rude e negativa de pensar e apresentando o verdadeiro amor, de um jeito simples e feliz de viver, falando coisas que ninguém jamais escutou. No entanto, a maioria dos cristãos celebra a páscoa de uma forma materialista, em que o valor está no ovo de páscoa, no peixe, no vinho... Mas, o verdadeiro valor está na maneira de se fazer melhor a cada dia e mudar a frequência vibratória pessoal, para que o ambiente que se frequenta seja mais leve.
        
       Nós espíritas temos que celebrar a Páscoa todos os dias, ou seja, nos fazer reciclar todos os dias os nossos males, para que sejamos melhores, por meio do grande exemplo de Jesus. Mas isso não é apenas para nós espíritas é para todos independente de religião, pois o Espiritismo não exclui ninguém, o Espiritismo vai pra perto e fica junto, da mesma maneira que Jesus fazia, fazendo a inclusão das pessoas. Os ensinamentos de Jesus está ai para todos, independente de quem seja ou do que tenha feito ou a que religião pertença, pois para Jesus sempre é hora de recomeçar.

       Nesta páscoa, vamos criar um novo pensamento para o sofrimento do nosso Amigo Jesus, refletir sobre o Seu amor incondicional, nos conectarmos a Ele por meio do nosso pensamento, meditar sobre os Seus gestos de carinho, sobre a sua vida de abnegação, de alegria apesar de ter tido uma vida sofrida. Vamos lembrar que a mais de dois mil anos Ele provou que a morte não existe, assim vamos celebrar a vida e ter mais respeito por ela, que é um presente do nosso Amoroso Deus.
Uma linda Páscoa de reflexão, paz e luz para todos nós!

“Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai. Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constitui para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constitui, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda. O que vos mando é que vos amei uns aos outros.” (Jo 15, 15-17)



segunda-feira, 25 de março de 2013

Post. 13: A ÚLTIMA SEMANA DE JESUS NA TERRA

A última semana que Jesus passou encarnado foi cheia de eventos, assim Jesus transmitiu seus últimos ensinamentos, mais com gestos do que com palavras, provando o seu grande brilho moral. Todos sabemos dos últimos eventos que aconteceu, mas vamos relembrar alguns pontos:


Jesus ensinou as pessoas coisas que elas desconheciam,
dentre essas coisas o amor.
       Para a maioria, e para mim também até pouco tempo, a ultima semana de Jesus aqui na Terra começou pelo Domingo de Ramos; no entanto, poucos sabem que este acontecimento se realizou entre os meses de Setembro e Outubro, pois é neste período que acontece o Tabernáculo, comemoração também chamada de Festa da Colheita para os Judeus; esta época do ano era o período da colheita, por isso tantos ramos. Nos tempos bíblicos, no primeiro dia da festa, o povo cortava os ramos das árvores mais bonitas, como os ramos das palmeiras mais cheias, dos salgueiros; e iam agitá-los na direção dos quatros cantos da Terra, cantando Hosana.
       A explicação acima não tira o brilho deste momento, mas sim acrescenta e torna o fato mais de acordo com a realidade. Como a cultura se inicia pelo Domingo de Ramos, coloco esta linda passagem de inicio, pelo fato que foi aí que acontece a linda e arrebatadora atitude de Jesus, uma das mais significativas:   
             Ao entrar em Jerusalém Jesus provou que para conquistar e receber carinho do povo não é preciso ter poder, riqueza e ser rei, Ele entrou na cidade da maneira mais simples e mais incrível possível em um jumento, mostrando toda a sua humildade, e mostrando as pessoas que o reino Dele não é o reino material que governa a terra até hoje, em que é preciso ter as melhores coisas para ser respeitado e ter poder, mas um reino de simplicidade, que para demonstrar que se tem certo poder não é necessário cavalos  de guerra, nem roupas de lordes, nem um batalhão de soldados armados ao seu redor, e forçando o povo a contemplar um tal rei. Simplesmente ele precisou apenas de um jumento e entrar na cidade de Jerusalém para que as pessoas de livre e espontânea vontade contemplassem Ele, O recebesse de braços abertos, com saudações cheias de amor, acontecimento que nenhum rei conseguiu sem usar de violência.














       A expulsão dos vendilhões do Templo prova toda a incredulidade que existe em ganhar dinheiro com o nome de Deus. Nos relatos existentes sobre Jesus nunca O vimos com raiva e indignação, este acontecimento tem muito para se meditar, vimos Jesus pela primeira vez ter raiva, colocando para fora os negociantes, e segundo relatos quebrando as barracas e as mercadorias, esta atitude incomum do nosso grande Mestre mostra o absurdo que é usar o nome de Deus para o materialismo. Daí de graça o que vos foi dado de graça, esta frase explica todo o acontecimento da expulsão do Templo.
       “Daí, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”. Ou seja, daí a César o que é material, pois nada do que é matéria é do reino de Deus. Deus não possuí nada referente ao materialismo, nada de dinheiro, nada de Templo. A Deus o que é de Deus é o amor, a caridade, a paz, o respeito mútuo e pensamentos elevados sempre, que permite conexão com o Divino.    




       Na ultima ceia Jesus sabendo exatamente o que iria acontecer dentro de poucas horas, não deixou se abater, não sofreu por antecedência, viveu o momento presente em confraternização com os amigos presentes. Esta é a grande lição da ultima ceia: viver o momento presente não se importando com as coisas ruins que estão por vim, não sofrer por antecedência, o que tiver de vim vai vim e não se pode mudar o fato, apenas viver as coisas boas que são
ofertadas no momento.  

       O ato de lavar os pés, coisa que era feita apenas pelos escravos, assustou os discípulos. O mestre lavando os pés dos seus discípulos, é uma atitude de tirar o fôlego, é algo inenarrável que falta palavras para explicar, apenas mais uma atitude de humildade e amor. Há atitudes de Jesus que nos cala, apenas fica a razão dos seus ensinamentos na mente.  



       No jardim de Getsêmani Jesus viveu o ápice dos sentimentos humanos, com tamanha agonia em seu coração e sua alma profundamente triste. Ele estava tão tenso que chegou a sair sangue dos poros da Sua pele, isso acontece quando a pessoa passa por stress extremamente grande.


       A negação de Pedro mostra a preocupação de Jesus com os amigos, que não incrimina, que sabe o tempo de evolução de cada ser humano, que aceita as pessoas como elas são, não apontando o dedo para mostrar os erros, não aceitando mais do que a pessoa pode dar no momento. Assim com um olhar a Pedro, Jesus transmitiu a ele toda a sua doçura e compreensão, dizendo que esperava a negação dele, mas que o perdoava, que o mais importante era o sentimento que os ligavam, de amizade e amor. Com um olhar Jesus falou tudo a Pedro, simplesmente um magnífico olhar em meio ao caos de um julgamento falso. Seus olhos falaram: Continuo a te amar, meu amigo.

          É por essas atitudes dentre outras que Jesus é o maior Revolucionário que a humanidade conheceu, um gesto, um olhar bastou para arrebatar o coração de milhares sem esperança, que esperavam um Messias para libertá-los de todo o sofrimento causado por Roma, mas jamais precisou usar de violência e de falsidade, para conquistá-los. Verdade, verdade e verdade, acima de tudo, esse é Jesus, nosso magnífico mestre amado. Jesus inaugurou o amor e a caridade no nosso orbe Agradecemos a Deus por ter dado permissão para a vinda de Jesus ao nosso amado orbe.
Jesus o maior revolucionário de todos os tempos. O Revolucionário do Amor.
Fique a vontade para comentar!

quarta-feira, 20 de março de 2013

Post.12: PRECE ANTES DE DORMIR


              Como vimos na postagem 11, nossa alma se emancipa do corpo quando dormimos, e para que tenhamos um sono tranquilo e que a nossa alma tenha bons aprendizados, é preciso fazer uso de prece antes de adormecer, assim nos mantemos em contato com as forças do bem, que proporciona o nosso equilíbrio espiritual, psicológico e físico.

            Todos nós devemos fazer uso da prece antes de dormir, e principalmente aquelas pessoas que tem o chamado “pesadelo”, que é o encontro com espíritos perversos; e também aquelas almas que aproveita este momento para se encontrar com espíritos sem luz, assim vivenciando os seus maus instintos com frequência, nesta questão é necessário começar a mudar os princípios, e seguir mais adequadamente os ensinamentos de Jesus.   
           As nossas atitudes diárias tem muito haver com a qualidade dos desdobramentos, se você teve um dia com irritação, com pensamentos ruins, carregando raiva, desrespeitando o seu corpo, enfim com sentimentos e atitudes  de baixa vibração, tudo isso implica para você ter sonhos sem luz, pois espíritos que ainda não alcançaram entendimento, podem criar situações de pânico para nos abater durante o sono e acordamos ainda pior do que quando fomos dormir.

O que se pode fazer para ter um sono tranquilo e edificante? 
            Prece sincera nos momentos antes de dormir, atitudes de caridade, e colocar o máximo possível em pratica o que Jesus nos ensinou.
           Não é necessário prece formulada, a melhor prece é a simples, com as suas palavras, usando a sinceridade, pedindo a Jesus iluminação para a sua alma durante o descanso do corpo físico, e que seu guia espiritual lhe guarde na libertação temporária do corpo.  Abaixo coloco uma prece que gosto muito de Allan Kardec:


"Minha alma vai se encontrar por um instante com os outros espíritos. Que aqueles que são bons venham me ajudar com os seus conselhos. Meu anjo guardião, fazei com que, ao despertar, eu conserve deles uma impressão durável e salutar."
                                             Que assim seja!


Se você gostou dessa postagem acesse o link  seguinte, de Como Dormir Bem: http://jardim-espirita.blogspot.com.br/2014/02/post-121-como-dormir-bem.html 


terça-feira, 19 de março de 2013

Post.11: DESDOBRAMENTO, ENCONTROS ESPIRITUAIS

           Todos nós já tivemos sonhos com pessoa que já desencarnaram (morreram), sonhos que parecem realidade, na maioria dos casos é sim um encontro.  Para entendermos tal processo, precisamos saber que:

           O sono como todos nós sabemos proporciona ao corpo físico restaurar as forças física e a moral, no entanto, o espírito não necessita de descanso, sempre que nós dormimos a presença da alma não é necessária ao corpo, e como ela quer constantemente liberdade , esta sai do corpo físico para viver seus anseios, encontrar espíritos desencarnados ou encarnados, para estudar ou ver palestras ou participar de alguma atividade nas colônias espirituais, para se encontrar com os seus iguais de vibrações, podendo ter experiências positivas ou negativas, ou seja, que traga paz ou vivências que não sejam boas, em faixas de vibrações inferiores; em que as experiências boas que o espírito vivencia sempre deixa uma impressão boa, de paz, de bem estar, de harmonia, de amor... Já as experiências ruins que o espírito vivencia deixa uma impressão ruim, de medo, de mau estar, de raiva, de tristeza... Ou também para visitar lugares aqui na Terra ou em algum ponto do espaço; assim o espírito vive a vida espiritual que é proibido de viver por causa da sua ligação com a matéria. Durante o processo de sono, o corpo físico e o perispírito (que é o corpo do espírito) ficam ligados por meio do fio ou laço fluídico também chamado de cordão prateado ou fluídico, este fio fluídico é que permite a vida entre a matéria e o espírito, este cordão fluídico só se rompe quando o corpo físico morre, nunca ele irá se romper durante a emancipação da alma. Quando o corpo está em repouso a alma tem mais faculdades do que quando está no corpo físico, pelo fato de está em parcial liberdade, coisa que ela tanto anseia, podendo ver e ouvir muito melhor os outros espíritos. O espírito retorna ao corpo assim que a sua presença seja necessária, por meio da velocidade do pensamento, e se acaso qualquer coisa venha acontecer com o corpo físico o fio fluídico leva a notícia instantaneamente ao perispírito.



Então, podemos sim nos encontrar com os nossos entes queridos ou amigos desencarnados por meio do sono, sendo esse processo chamado desdobramento. E para você ter a certeza que teve verdadeiramente um encontro espiritual, é só você refletir quando acordar se durante o sono você tinha consciência que aquela pessoa que você viu em sonho já havia desencarnado, caso você tinha esta certeza durante o sono é um desdobramento, você encontrou mesmo aquele espírito desencarnado. 

            No entanto, há sonhos em que sabemos que sonhamos com determinada pessoa desencarnada, mas não nos lembramos do que foi conversado durante o sonho, isso se dar pelo fato do corpo ser uma matéria pesada e grosseira, limitando assim de certo modo o entendimento; ou muitas vezes não é necessário lembrar das informações que foram trocadas, tudo ficou na sua alma, e quando for necessário usar determinadas informações, você vai saber o que fazer, pois os conselhos vão está em você, e você vai usar subconscientemente. E quando nos lembramos do sonho nem sempre teremos todos os detalhes, mas a idéia principal. Lembrando que para que tal desdobramento possa acontecer, entre o desencarnado e o encarnado é necessário que a espiritualidade superior permita tal encontro.

            E finalizando, também podemos nos lembrar de algum momento de uma vida passada e de ter conhecimento de algum acontecimento futuro, isto quando é necessário termos conhecimento de tais informações, pois também tem que haver a permissão dos espíritos superiores. Podemos nos encontrar com um filho que vamos ter, tendo a visão dele. Encontrar o nosso guia espiritual. E, nem sempre a alma aproveita essa liberdade para atividades edificantes e de aprendizagem, pois pode também se encontrar com companhias espirituais pouco evoluídas que tenham afinidade, dando assim liberdade as suas más tendências e inclinações.

“O segredo da criatividade está em dormir bem e abrir a mente para as possibilidades infinitas. O que é um homem sem sonhos?” (Albert Einstein)


sexta-feira, 15 de março de 2013

Post. 10: A RAIVA IMPRODUTIVA E A SUPERAÇÃO DIÁRIA

          Sempre nos deixamos levar por sentimentos de baixa vibração como a raiva, decorrente do nosso dia a dia e do convívio com as pessoas, pois a coisa mais difícil em viver é conviver. Ter que aceitar muitas vezes idéias contrarias a nossa; ter de aceitar posturas incorretas de outras pessoas que convive conosco, isso muitas vezes nos magoa e vem a raiva junto. Tentamos mudar as pessoas que sempre estão perto de nós, mas não dar certo, o que nos resta é a aceitação nossa e o sentimento que fazemos de tudo para mudar, no entanto não devemos esquecer que ninguém muda ninguém, apenas podemos causar influencia, então que essa influencia seja a melhor possível que você possa dar dentro do seu parâmetro evolutivo.
 
 
E muitas vezes a raiva que sentimos vem de nós mesmos, criada por nós, como um contratempo; a perca de um ônibus; quando o salário acaba; a perca de um compromisso; o stress no trabalho ou o stress diário devido a convivência; a vivência difícil com as pessoas que moram conosco, entre outras tantas coisas. Tudo isso, depois de passado, olhamos para trás e nos damos conta que foi algo sem importância nenhuma, e no final só nos resta a consciência pesada, sentimento de tristeza no coração, com o pensamento de que não deveria ter feito tais coisas e brigado com as pessoas, ferindo os sentimentos de ambos os lados. Vamos tentar não ficarmos chateados com coisas pequenas sem valor, pois nos desgastamos a toa.

Devemos nos concentrar é nos nossos grandes problemas e sem reclamar, porque o tempo em que você perde se reclamando e se debatendo com sentimentos  obscuros é uma grande perca de tempo, e tudo isso te causa entrave no cérebro na procurar da melhor alternativa possível, para que o problema ser solucionado o mais rápido possível. Vamos sair dos nossos problemas de cabeça erguida e da melhor maneira possível e sempre pedindo a Jesus e a Deus que nos guie na busca da melhor solução, te ajuda que os céus te ajudará.

A única coisa que podemos fazer de certeza é nos trabalharmos para sermos pessoas melhores; quando cair em erro aprender com ele e tentar de tudo para não mais cair no mesmo; e amar as pessoas que convive conosco acima dos seus defeitos, pois o maior presente que temos todos os dias é ter as pessoas que amamos ao nosso lado, uma casa para nos abrigar, uma comida para alimentar o nosso corpo físico, o nosso trabalho para nos manter financeiramente e nos fazer evoluir, roupa e sapatos necessário para nos vestir,  e junto com todas essas coisas a todo o momento Deus e Jesus em nosso pensamento e o grande amor de Maria em nosso coração.

 A ultima coisa que deixo a você é que: passei por um grande problema antes de mergulhar de vez na Doutrina Espírita, antes deste problema eu gostava muito da Doutrina Espírita, estudava e tinha lido vários livros, mas quando este determinado problema veio, sem sombras de dúvidas foi meus amigos de luz que guiou a mim e a  minha família, neste período mergulhamos no mundo do Espiritismo e foi uma enorme consolação para nós. Conseguimos achar a solução para o problema. Lembrando que o Espiritismo não faz milagres, como foi dito antes, primeiro te ajuda que o céus te ajudará, o Espiritismo nos dar a certeza que podemos nos superar e que nós necessitamos desta superação para sermos melhores como pessoas e evoluir nosso ser, o Espiritismo nos consola, nos faz seguir em frente e com o tempo entendemos o porque que das coisas terem acontecido conosco. Nunca estamos sós a misericórdia de Deus sempre nos manda amigos de Luz para nos guiar na escuridão.  

“Vivemos na matéria isso em muitos momentos nos causa as trevas, mas apesar da existência das trevas vamos fazer a luz que existe em nossa essência brilhar e levar luz as pessoas, quando tivermos algum sentimento ou atitude ruim vamos fazer um ato de caridade e de bondade com abnegação e depois a caridade em nossas vidas vai virar algo fundamental."   (Jardim Espírita)
  

Fique a vontade para comentar!

quinta-feira, 14 de março de 2013

Post. 09: A PRÁTICA DO EVANGELHO NO LAR

            Nós espírita praticamos o evangelho no lar, que ilumina a nossa casa, trazendo paz, bons fluídos, amor, fazendo a convivência ser melhor, nos encaminha para a doutrinação, nos eleva a Jesus, nos faz rever os nossos conceitos, nossos princípios e mudar as nossas atitudes. É sem sombra de dúvida acender uma luz na nossa casa e também na vizinhança, pois as vibrações boas se estendem por toda a localidade da sua casa.

Praticar o Evangelho em casa, é receber Jesus.

           É muito simples praticar o Evangelho no Lar, o livro usado é O Evangelho Segundo o Espiritismo e a duração deve ser de 30 a 40 minutos no máximo, sendo esta uma regrinha muito importante não ultrapassar esse tempo, veja como deve ser feito:

  • Você deve escolher um dia na semana e um horário fixo, uma vez escolhido o dia da semana e o horário não se pode mudar, este ponto também é extremamente importante, pois se estabelece um compromisso com a espiritualidade, que vêem na hora do evangelho encher nossa casa de fluídos de amor e paz, iluminar a nossa casa, e também favorece aos desencarnados necessitados o esclarecimento evangélico.

  • Coloque uma jarra ou garrafa de água para ser fluidificada pela equipe espiritual que se faz presente, a fluidificação é simplesmente uma água cheia de fluídos bons, de amor e de boas vibrações, em termo de Espiritismo, entende-se por água fluidificada aquela em que fluidos medicamentosos são adicionados à água, é à água magnetizada por fluidos. Havendo um enfermo no lar, coloque um recipiente com água separado para ele.

  • Para começar o evangelho no lar, faça uma prece simples e espontânea, pedindo que Jesus guie e ilumine nos ensinamentos.

  • Com o livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, comece a leitura, você pode seguir a ordem dos capítulos ou abrir ao acaso. Lendo um trecho, pare e reflita sobre o que foi lido, e se estiver com participantes comentem o trecho lido até todos entenderem os ensinamentos morais do evangelho de Jesus aos olhos espírita que é libertador.   

  • Chegando perto dos momentos finais faça uma prece de encerramento, lembrando que é 30 a 40 minutos no máximo a prática, na prece rogue pela harmonia do seu lar, das pessoas que convivem com você e pelos familiares desencarnados, pela paz entre as nações e não esqueça de pedir pelas pessoas que não gostam de você, porque Jesus nos ensinou a orar pelos nossos inimigos, e agradeça o trabalho de amor realizado pela equipe espiritual.
  • Terminada a prece, coloque a água no copo e beba, e se estiver com participantes divida a água em igual para todos.

            Há ressalvas importantes a fazer:

>Não transforme o Evangelho no Lar em uma reunião mediúnica, pois o Evangelho no Lar não é para esse fim, os médiuns presentes não podem permitir os espíritos se manifestarem.

>É importante convidar as pessoas que moram na casa a participar do evangelho principalmente as crianças e os jovens, no entanto se não aceitarem não se desanime faça sozinho, cada um tem um tempo de aceitação e ninguém deve ser obrigado a participar. Se tiver enfermos em casa e se ele desejar participar realize junto dele.


 >Este é um ponto muito importante: Se você precisar viajar, ou estiver fora de casa no dia e hora que você escolheu para fazer o Evangelho no Lar, você deve realiza-lo aonde você estiver, pois você tem um compromisso e uma grande responsabilidade com os amigos de luz, leve com você o Evangelho no Lar aonde você for. E se caso chegar alguma visita em sua casa, você convida para participar, se não aceitarem você pede para esperarem até você acabar.
>Se possível desligue a televisão e telefones para que não tenha distração. Escolha o lugar da casa que seja mais tranquilo e que dar maior condição de concentração. Não transforme o ambiente em festa, que não haja discussões.
Evite também conversas pessoais e sem objetivo, histórias irrelevantes (sem importância), criticas entre os participantes, e ataques ou criticas a outras denominações religiosas.

 >Se você não for espírita ou se não tiver o livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, você pode praticar o Evangelho no Lar com a Bíblia mesmo, no Novo Testamento, nada o impede de fazer tal prática.


         Você vai ver como a atmosfera da sua casa vai ficar serena e em paz, com amor e alegria, pois aonde tem Jesus as coisas boas reinam e a libertação vem.  E o prazer é enorme em reunir a família para falar dos ensinamentos de Jesus.

Paz e luz a todos, e lembre-se Jesus sempre vem!

quarta-feira, 13 de março de 2013

Post. 08: OS FILHOS DEGREDADOS DA CAPELA

O assunto desta postagem 08 tem ligação com os assuntos das postagens anteriores e principalmente com a postagem 06.

 
Constelação do Cocheiro
           A estrela Capela fica na Constelação do Cocheiro, é uma estrela de primeira grandeza sendo a estrela alfa da constelação em meio outras de varias tamanhos inferiores a ela. A capela é um lindo sol, sua massa é cerca de 5 mil vezes  maior que o nosso astro rei, possuí cor amarela que indica ser um Sol jovem, sendo seus moradores seres de formal vibracional muito alta para viverem em altas temperatura. Para localizar a constelação do Cocheiro é fácil, ela forma um pentágono, ficando ao norte da constelação de Órion, e entre as constelações de Gêmeos e Perseu. Estando cerca de 45 mil anos luz da Terra.

A capela estava passando pelo mesmo processo que o nosso planeta terra na sucessão evolutiva de mundo, saindo de Mundo de provas e expiações e indo para Mundo de Regeneração, quando o nosso planeta era ainda primitivo. Os espíritos atrasados que não aceitavam a nova ordem evolutiva no orbe da Capela e que eram contaminados pelos sentimentos anti-fraternos foram enviados para a terra, sendo este o mesmo procedimento descrito na postagem 06 que esta acontecendo atualmente no nosso planeta. Esses habitantes capelinos revoltados foram exilados aqui na terra para ajudar no processo de evolução tanto deles como no nosso Planeta com a humanidade constituída de seres animalizados.  

Na chegada deles no astral da Terra, Jesus que é o governador da Terra desde da construção deste planeta, recebeu esses espíritos degredados da Capela, e explicou com paciência e amor como seria a vida deles no planeta, que teriam de cumprir as suas tarefas de solidariedade e amor para com o próximo para poderem se regenerar e voltar ao seu mundo de origem, o trabalho evolutivo deles aqui na Terra iria começar do zero e com a promessa de Jesus em ajudá-los no dia a dia. E sobrando no coração desses seres infelizes a saudade do seu antigo mundo, aonde existia amor, uma ótima condição de vida, mas que não deram valor e preferiram viver perdidos nos sentimentos e atos inferiores.

Os espíritos exilados reencarnaram na Terra tendo como pais os humanos animalizados, assim em corpo também primitivo com corpo grosseiro, mau desenvolvido, com partes do corpo desproporcional, cérebros com capacidade apenas de procurar satisfazer os seus instintos. Com o passar dos milênios, com a ajuda dos capelinos a população do nosso planeta foi evoluindo, ganhando corpos mais adequados ao meio, desenvolvendo a inteligência, se descobrindo. Sem esses espíritos perdidos da Capela nosso planeta não teria como evoluir e ser transformado em um mundo habitável para seres mais complexos. 

Um livro interessante sobre esse assunto é o: Os Exilados da Capela, de Edgard Armond, da Editora Aliança. Este livro conta a historia de todas as raças que passaram pela Terra e a evolução da nossa espécie humana.
Capa do livro: Os Exilados da Capela,
de Edgard Armond. Da editora Aliança.
 
"Queiram ou não queiram os homens, com o tempo, a luz da verdade se fará nos quatro cantos do mundo."     (Razin, Guia Espiritual)
 
 
As post. 04, 05, 06, e 07, são relacionadas com esse tema, boa leitura!
Paz na terra, boas idéis e luz a todos!
 
Fique a vontade para comentar!

quinta-feira, 7 de março de 2013

Post. 07: A NOVA GERAÇÃO NA CONSTRUÇÃO DO MUNDO DE REGENERAÇÃO

                Estamos vendo o alvorecer de uma nova geração, uma geração que vai impulsionar o nosso planeta a ser um mundo mais feliz, levando o nosso orbe a vibrar mais alto para chegar ao mundo de regeneração. Nesta época de transição as duas gerações que está presente na sociedade atual se confundem, pois estamos vendo a partida de uma e a chegada de outra.

                Reencarnar aqui na Terra desde do ano 2000 não está sendo nada fácil, é um como se fosse um prêmio de muito valor em que apenas espíritos fortes e preparados tem permissão. Esta nova geração que começou a vim desde da ultima década está inaugurando a era do progresso moral na terra, estas crianças vem com uma inteligência apurada acima da média da geração velha; com uma razão precoce; carrega consigo o dom de praticar o bem e tem crença na espiritualidade, estes fatores são conseqüências de um ótimo trabalho de aprendizagem que fizeram no decorrer das suas varias encarnações anteriores, conquistando varias vitórias espirituais como a paz, o amor, a brandura, a caridade, a mansidão, a fraternidade, o respeito,  a paz entre os povos e nações. Estes fatores fizeram com que esses espíritos se dispusessem a ajudar nas idéias de progresso.


        No entanto, nesta marcha a caminho de um novo tempo, a sociedade não é apenas composta de espíritos que evoluíram aqui na terra, no livro Transição Planetária psicografado por Divaldo Pereira Franco, do autor espiritual Manoel Philomeno de Miranda, narra que com a permissão de Jesus desde de 2000, vários espíritos evoluídos vindo do orbe de Alcione (A estrela de Alcione fica no aglomerado de Plêiades na constelação de Touro, sendo a estrela central do aglomerado de Plêiades) encarnaram aqui na terra para acelerar mais ainda a evolução do nosso planeta, são espíritos abnegados de alta vibração que vão ajudar a sociedade humana em vários pontos como na área política, na área de saúde, na área de cultura, de educação...  E vários destes espíritos encarnaram aqui no Brasil no estado de Minas Gerais.
 

                Essas crianças que estamos convivendo em sua maioria são as crianças da Nova Era, que são mais inteligentes e espertas, mais dinâmicas e os pais têm uma imensa responsabilidade de saber “moldar” esses seres especiais que vem com uma grande missão para esse tempo de transição planetária, dando uma educação de moral elevada, ensinando o Evangelho de Jesus. Apesar de serem espíritos que carregam grandes ensinamentos é preciso que os seus responsáveis lhe dêem todo o apoio moral necessário, para eles cumprirem a sua missão que se comprometeram antes desta nova vida que estão vivenciando. Eles têm uma grande responsabilidade e precisa inerentemente da nossa ajuda. Temos que trabalhar para a vinda deste mundo mais feliz que está sendo instalado aos poucos. E a chave para tudo isso sempre está em sermos pessoas melhores.

"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta."   (Chico Xavier)
 

As post. 04, 05, 06, e 08, são relacionadas com esse tema, boa leitura!
Paz na terra, boas idéis e luz a todos!

Fique a vontade para comentar!

Post. 06: SITUAÇÃO DOS ESPÍRITOS ATRASADOS PARA O MUNDO DE REGENERAÇÃO

          Os espíritos atrasados são aqueles revoltados contra Deus; que não deixaram ser tocados pelo bem; espíritos endurecidos na maldade; que se deixa levar pelas paixões que rebaixa a moral; que tem sentimentos anti-fraternos como o orgulho, ciúme, egoísmo, inveja;  enfim por agarrar as coisas matérias e apenas viver pra elas como a avareza, a sensualidade, a cobiça.

          Esses espíritos que não tem o amor no coração não podem viver na nova terra em nível evolutivo de Regeneração, pois eles atrasariam o progresso dos espíritos bons. E foi a partir do ano 2000 que esses espíritos endurecidos no mal começaram a ser expurgados da terra, sendo exilados para reencarnarem em mundos inferiores de acordo com a sua evolução moral e espiritual, esses mundos podem ser de expiações e provas aspérrimas, atrasados e até mesmo mundos primitivos para viverem em cavernas aprendendo a serem submissos a Deus. A missão deles nesses mundos vai ser para ajudar na evolução do orbe com o conhecimento que eles já possuem.
 
O planeta terra deve se libertar de vícios materialistas e de sentimentos ruins desses espíritos, pois eles não aceitam e são incompatíveis com a nova ordem que está sendo construída de fraternidade. Portanto esse trabalho de partida para outros planetas tem por objetivo acelerar mais rapidamente a transformação da massa que aqui ficarem, para tirá-las das influências ruins e fazer que as idéias novas seja aceitas mais rápido.

Chico Xavier certa vez comentou a respeito da ida dos espíritos endurecidos para outros mundos e era do conhecimento dele que os espíritos exilados em sua maioria estavam sendo levados para o planeta chamado Kírom (ou Quírom).

Quando esses espíritos degredados conseguirem atingir o nível moral e vibracional da terra eles podem voltar. Pois eles são exilados para poderem evoluir de acordo com o seu tempo de aceitação e aprendizado, Deus de infinito amor concede a todos as suas bênçãos, Ele não deixa nenhum se perder, pois Ele é um Deus Pai que ama infinitamente os seus filhos independentemente do que façam, Ele sabe que todos têm potencial de ser melhor do que é, e atingir os níveis superiores de evolução, no entanto cada um tem o seu tempo de evolução uns mais rápidos e uns mais lentos.
            
             O novo sempre vem... A lei imutável em todo o universo é aprender a respeitar a vida, temos que ter a mente aberta para novas idéias e não se prender a conceitos antigos e passados. Que a vossa Luz Brilhe!

"Bem-aventurados os mansos e pacíficos, porque eles herdarão a Terra.” (Jesus Cristo)

As post. 04, 05,07 e 08, são relacionadas com esse tema, boa leitura!
Paz na terra, boas idéis e luz a todos!


Fique a vontade para comentar!

terça-feira, 5 de março de 2013

Post. 05: MUNDO DE REGENERAÇÃO


         O nosso planeta está deixando de ser um mundo de Provas e Expiações e está se preparando para ser um mundo de Regeneração. Mas como é o mundo de regeneração? As coisas matérias não vão ter tanta importância. O egoísmo e o orgulho não predominam, deste modo a vida é mais tranqüila e a felicidade mais constante. A justiça, a fraternidade, a ética e a paz vai chegar a patamares nunca alcançados.

Mas muito trabalho está sendo feito e vem por aí. Sempre tem abalos nessas mudanças de categorias de mundo, pois existe o confronto entre as coisas velhas e as novas, por isso que notamos desordem e aparência de caos. Esses trabalhos vêem de uma longa data, mas que está se acentuando cada vez mais em nossos dias. Conta-se que tudo começou com a Revolução Francesa quando os homens tomaram consciência da sua força e foram em busca de um novo modo de viver com dignidade, por isso o lema que todos nós conhecemos “Liberdade, Igualdade e Fraternidade” (Liberté, Egalité, Fraternité).

Lembrando que a terra não vai ser transformada por cataclismo, a transformação vai vim gradualmente pela sucessão de geração, tudo ocorrendo ao seu tempo e naturalmente. Em uma criança que nasce não vai vim um espírito mal ou atrasado e sim um espírito de bem, mais avançado.  

         Quando o mundo vai entrar nas condições de Regeneração? Ainda não sabemos. Não tem uma data ou ano especifico para determinar tal curso. Alguns dizem que vai demorar ainda algum ou alguns séculos, no entanto Emmanuel nos informou por meio de Chico Xavier que a Terra será um mundo regenerado por volta do ano de 2057, esta informação está no livro: Plantão de Respostas, Volume II.

A certeza é que tudo depende de nós, dos nosso atos, dos nossos sentimentos, da nossa consciência, de aprimorar os nossos relacionamentos... de sermos pessoas melhores, de nos trabalharmos a cada dia com atitudes elevadas, de fazer  caridade sempre com amor e abnegação. Vamos lembrar que temos que ser melhores do que fomos ontem e amanhã sermos melhores do que hoje.  Todos falam que querem um mundo melhor sem violência, mas essa mudança começa em cada um de nós, assim com o nosso aprimoramento moral vamos vibrar alto para se instalar o mundo de Regeneração.  Pois essa mudança de mundo se dar por meio de mudança vibracional.
 
 “Seja a mudança que você deseja para o mundo”.  (Mahatma Gandhi)

As post. 04, 06,07 e 08, são relacionadas com esse tema, boa leitura!
Paz na terra, boas idéis e luz a todos!


Fique a vontade para comentar!

domingo, 3 de março de 2013

Post. 04: MUNDO DE PROVAS E EXPIAÇÕES

 
Vivemos em um mundo de provas e expiações, isto é o que a vida na matéria nos submete atualmente e isto é fundamental ao nosso desenvolvimento moral e espiritual. Sabe-se que uma expiação é sempre uma prova, mas uma prova nem sempre é uma expiação. As coisas ruins das nossas vidas vêem de nossas dividas e erros do passado, em que temos que pagar de uma maneira ou de outra, pois sabemos que quem deve tem que quitar a sua divida. As Provas são também testes de quando o espírito precisa testar uma virtude e as expiações é quando o espírito cometeu erros sérios e para se libertar de tal fato, paga por meio do corpo físico.    

As provas quando são vencidas com dignidade é mais um passo dado no processo de evolução do espírito, exemplo de provas que em uma existência podemos está sujeitos é a tolerância, a fé, o amor, a saúde, a inteligência, a pobreza que é uma prova de paciência e de resignação, a riqueza que é prova de caridade e abnegação, assim também como certos obstáculos que surge nas nossas vidas, dentre outras. As provas são oportunidades de aquisição de experiência. 

         Já a expiação é bem mais difícil e mais complexa, pois é castigo, penitencia cumprimento de uma pena, imposta para a evolução do espírito em relação aos seus erros de vidas passadas. É necessária quando os excessos, a maldade, a imprudência não cumpre o código divino que rege o universo.  A expiação consiste nos sofrimentos físicos e morais; as várias doenças psíquicas e físicas são expiações e que tem por finalidade também servir de provas para as pessoas que se ligam a quem está no processo de expiação, para despertar melhores sentimentos nos familiares, como falamos anteriormente.

        É a lei da ação e da reação, você colhe o que você planta, é como um bumerangue você lança ele, e ele sempre volta para você. Vamos prestar mais atenção no que plantamos, para termos uma colheita com frutos lindos e saudáveis, para que possamos repartir o resultado saudáveis da nossa colheita com o próximo.

“A fonte do mal está no egoísmo e no orgulho; os abusos de toda espécie cessarão por si mesmos quando os homens se regerem pela lei da caridade.” (Livro: O Evangelho Segundo o Espiritismo – Cap. XVI; item 8)

As post. 05, 06,07 e 08, são relacionadas com esse tema, boa leitura!
Paz na terra, boas idéis e luz a todos! 
 
Fique a vontade para comentar!

sexta-feira, 1 de março de 2013

Post. 03: OBRAS BÁSICAS DO ESPIRITISMO

             Hippolyte Léon Denizard Rivail, usando o pseudônimo de Allan Kardec publicou cinco livros bases da Doutrina Espírita:

- No ano de 1857 publicou “O Livro dos Espíritos”, esta obra contém os princípios do Espiritismo.  São 1018 perguntas e em outras edições são 1019, respondidas pelos espíritos de nível superior, esclarecendo o que a humanidade estava preparada para saber, e com respostas para as grandes perguntas: Quem eu sou? De onde eu vim? Por que estou aqui? E para onde vou? Este livro nos diz quem somos.

- Em 1861, foi a vez do “O Livro dos Médiuns”, neste livro trata das partes dos fenômenos do Espiritismo que caracteriza como ciência de observação que estuda as relações entre o mundo corpóreo e o mundo espiritual. Interessante para quem quer conhecer mais a mediunidade.

- “O Evangelho Segundo o Espiritismo” veio no ano de 1864, esta define a essência religiosa do Espiritismo, é uma obra estruturalmente moral. Mostra o Evangelho restaurado e em “ótima forma”. Deixando bem claro que não é o Evangelho do Espiritismo, mas o Evangelho de nosso grande Mestre Jesus explicado pelo Espiritismo, nos permitindo cuidar da nossa moral de uma maneira mais compreensiva para nós.    

- No ano de 1865 foi publicado “O Céu e o Inferno”, as paginas desses livros responde sobre o destino do homem depois da morte física, como funciona a Justiça de Deus, sobre a existência do céu e do inferno, entre outras abordagens esclarecidas pelo Espiritismo.

- “A Gênese” do ano de 1868 mostra-nos a criação do nosso planeta de forma cientifica, sendo assim raciocinada, e a criação da humanidade.  Falando ainda sobre Milagres e Predições em amplo sentindo e em particular no Evangelho e fala do difícil tempo de transição que o planeta atravessa atualmente, nos dando grandes esperanças.  
 
 
Estas são as capas da Editora Ide dos cinco livros base do Espiritismo. No entanto, várias editoras publicam os livros, tendo em todas elas  o mesmo conteúdo.


          Além dessas cinco obras Allan Kardec publicou em 1859 o livro “O que é o Espiritismo?”, este sendo um resumo rápido dos princípios básicos do Espiritismo. Fez uma série de opúsculo (que são livros pequenos, folhetos); publicou 136 edições da “Revista Espírita” entre janeiro de 1858 a abril de 1869. E depois da sua morte, foi lançado o livro “Obras Póstumas” no ano de 1890.
              Estas são as obras básicas e apesar do ano de publicação de cada uma são super atuais, entretanto a Doutrina Espírita é repleta de livros, de romance a livros que trata sobre a saúde do corpo físico basta você se interessar por um assunto que você vai encontrar um livro amigo para esclarecer você. A gama de livros é muito grande para os espíritas e os que não são se instruir, assim melhorando a sua moral e a forma de ver a vida. Espíritas instrui-vos!


Fique a vontade para comentar!

Post. 02: DOUTRINA ESPÍRITA

           O que é doutrina? É um conjunto de princípios que se baseia um sistema religioso, político ou filosófico. É opinião em assuntos científicos. É instrução. Ensino dado sobre qualquer matéria.


O Espiritismo é uma doutrina revelada por espíritos de nível superior, por intermédio de médiuns, e quem codificou os ensinamentos foi o pedagogo francês Hippolyte Léon Denizard Rivail, usando o pseudônimo Allan Kardec que foi seu nome em uma das suas vidas anteriores por conselho dos espíritos, para posteriormente publicar os Livros da Doutrina Espírita. Este passou a estudar os fenômenos das mesas girantes que despertavam curiosidade e era muito comum no século XIX, principalmente nos Estados Unidos e na Europa, nisto Denizard Rivail começou a estudar tais fenômenos na França, e depois de muita observação (que a doutrina espírita está baseada na observação) começou a se estruturar diálogos estabelecidos  por espíritos desencarnados que se manifestava por meio de médiuns, depois de muitas indagações aos espíritos que tiveram permissão de Jesus para trazer até nós esses novos ensinamento, de anotações, de estudos e de observação, aí  Allan Kardec publicou O livro dos Espíritos, em 18 de abril de 1857, esta data marca o inicio do Espiritismo. Sendo a Doutrina Espirita a fusão de Ciência, filosofia e religião.

          O Espiritismo é uma doutrina que permite o autoconhecimento, assim melhorando a moral do individuo; aonde a fé é raciocinada; a Doutrina Espírita é consoladora;  tem como lema: Fora da caridade não há salvação. Pois, a caridade é algo que todos podem praticar seja de qualquer religião ou raça ou sexualidade, isto mostra a grande misericórdia de Deus e que não é necessário ter religião para ter a salvação;   nós espíritas acreditamos que temos que dar de graça o que recebemos de graça, não devemos cobrar o que foi dado por Deus, devemos trabalhar com amor e ter a verdadeira caridade, por isso que em nenhum centro espírita kardecista é cobrado nenhum tipo de tributo, se um centro espirita cobrar algum dinheiro não é um centro espírita Kardecista; o Espiritismo expõe as ideias e não as impõe; nada proíbe ou obriga, mas sabemos que tudo que fazemos ou deixamos de fazer é de nossa responsabilidade; O Espiritismo nos mostra o melhor caminho a seguir, pois esclarece que tudo o que fazemos pode voltar para nós. Mas acima de tudo, respeita o nosso livre arbítrio. Deus nos criou para sermos livres, em nossos atos, na consciência e na nossa verdade, relativa ao nosso grau de desenvolvimento atual.
Deixando aqui em observação que a Doutrina Espírita pode ser chamada de Espiritismo e até mesmo de Espiritismo Kardecista, pois esses três nomes designa a Doutrina codificada por Allan Kardec.

 
Allan Kardec


“Não há fé inabalável senão aquela que pode encarar a razão face a face, em todas as épocas da Humanidade.”    ( Allan Kardec )