Translate

domingo, 16 de junho de 2013

Estudo mostra a aparencia Humana daqui a 20, 60 e 100 mil anos

Como sabemos, a aparência do homem atual mudou muito desde os ancestrais. Há 800.000 e 200.000  atrás, alterações climáticas coincidiram com a triplicação do tamanho do cérebro humano, levando ao estreitamento do rosto.

Então, para decifrar como seria a aparecia humana no futuro, Nickolay Lamm, que é artista e pesquisador, e Alan Kwan geneticista computacional da universidade de Washington, trabalharam juntos para desenhar por meio de estudos como podemos parecer daqui até 100.000 mil anos.

Com a tecnologia de engenharia de genoma zogótico no futuro, vai ser capazes de controlar a biologia e a evolução humana, da mesma forma que controlamos elétrons atualmente.  Kwan acredita que daqui a 60.000 anos a nossa habilidade de controlar o genoma humano também terá efeito nas características faciais. Como a engenharia será a regra, “o destino dos rostos humanos será determinado pelos gostos”, afirma a pesquisa. Os olhos ficarão maiores, com a tentativa de colonizar o Sistema Solar, visto que a distância do sol aumentará. Da mesma forma, a pele ficará mais pigmentada, para diminuir os danos dos raios ultravioletas fora da proteção do ozônio terrestre.

Desde o século 14 o aumento da testa no ser humano vem aumentando; a revista odontológica inglesa “British Dental Journal” publicou que: comparadas as pessoas do século 14, hoje temos características faciais menos proeminentes, mas testas maiores. Então uma das provisões dos estudos de Lamm e Kwan é a continuação do aumento da testa.  O estudo diz ainda que a preocupação com a estética, vai está presente, pois a face humana estará inclinada para características que os seres humanos acham atraentes, como: linhas fortes, nariz retos, olhos profundos e simetria perfeita entre os lados direito e esquerdo”. Os olhos serão maiores, acostumados a pouca luz e com menos visão periférica. Tudo isso para proteger-nos dos efeitos danosos dos raios cósmicos. Haverá outras mudanças: narinas maiores para facilitar a respiração fora da Terra ou cabelos mais densos para manter uma cabeça maior aquecida.

Kwan diz acreditar que as tecnologias usadas no corpo ainda estarão presentes, mas de formas mais sutis. Em vez de Google Glass ou iWatch, as pessoas usarão implantes discretos que manterão a aparência natural, como lentes e dispositivos auriculares. Daqui a 100.000 anos, as pessoas estarão todas conectadas às tecnologias, mas de uma forma que não atrapalhe a aparência humana “perfeita”.

 A seguir as ilustrações feitas por Nickolay Lamm:
 
 Homem e mulher atual.
 
 
Em 20 mil anos a cabeça será maior, com uma testa sutilmente grande em comparação a anterior. O anel amarelo em torno dos olhos são lentes que devem representar o Google Glass do futuro.
 
 
Em 60 mil anos os seres humanos terão as cabeças ainda maiores. Os olhos grandes, com um verde brilhoso como os de gatos. O arco superciliar será ainda mais proa conquista espacial deve levar a novas adaptações, como olhos grandes para se adaptar a regiões longes do Sol, pele pigmentada para evitar os efeitos da radiação ultravioleta prejudicial longe da camada de ozônio protetora da Terra, pálpebras espessas e um arco superciliar mais marcado - área mais escura abaixo das sobrancelhas - para evitar os efeitos da baixa gravidade que desorienta os astronautas. Além disso, a cabeça será ainda maior e dispositivos de comunicação conduzidos pelos ossos serão instalados nas orelhas para se comunicarem com as lentes.
 
 
Em 100.000 anos o rosto humano atenderá à proporção áurea, com grande olhos. As características já vistas serão ainda mais proeminentes. Haverá uma área cinza no olho para diminuir a visão periférica e os dispositivos tecnológicos continuarão a se comunicar por meio dos ossos.
 
 
 
Este estudo que foi notícia nesta ultima semana, e tem coerência com a última postagem do Jardim Espírita sobre a evolução da Raça Humana.  Isso mostra como o Espiritismo é ciência, que leva por base a razão. Como a ciência ajuda a evolução da humanidade, e os espíritos de luz inspiram os cientistas e pesquisadores a rumarem para as conquistas e opiniões certas, então sim, o Ser Humano pode ter essa aparência no futuro; como já falamos antes é a evolução Humana somada a adaptação ao meio.
Que a nossa Luz Brilhe! Paz na Terra!   

2 comentários:

  1. Uau, vamos nos parecer com os et's, quem sabe se os extraterrestres que muitas pessoas alegam ver não são justamente os seres terráqueos vindos do futuro para explorar o passado?

    ResponderExcluir
  2. Acho que nao sao humanos vindo do futuro, tanto que tambem isso nao é nem possível cientificamente. Mas poderia ser seres de outros mundos, mais evoluidos que nós. Já que todos os mundos sao habitados por vidas, mas cada qual na sua vibraçao. Deus nao faz nada que nao seja util !

    ResponderExcluir

Todos podem deixar seu comentário no Jardim Espírita. Se for caso de resposta, responderei assim que poder, podendo levar alguns dias.
Não publicarei comentários que contenham termos vulgares, palavrões, ofensas, publicidade e dados pessoais (como e-mail, telefone, endereços, etc.). Então fiquem a vontade para comentar!