Translate

quarta-feira, 8 de maio de 2013

O MONGE TIBETANO - PARA REFLETIR

        
         Conta-se que, um certo dia, um turista ocidental foi ao Tibete, e em uma das suas caminhadas nos montes, chegou a uma pequena cabana, e pediu um pouco de água a um sábio monge. Enquanto que o monge pegava a água, o turista percebeu que apenas havia um pequeno banco, uma pequena mesa e uma simples cama na cabana. Devido a surpresa que sentiu, a curiosidade lhe fez perguntar:

- Onde estão os seus móveis?

E o sábio, rapidamente, perguntou:

- E onde estão os seus?

- Os meus? - Surpreendeu-se mais uma vez o visitante.

O monge voltou a indagar:

– Você veio morar aqui ou está de passagem?

–Estou aqui só de passagem! – respondeu o turista

- Eu também. - Respondeu o sábio.




Só estamos de passagem pelo mundo, será que estamos acumulando muitas coisas supérfluas ? Será que as coisas que possuímos realmente precisamos? Será que as coisas que queremos vai ter alguma utilidade para nós? Não apenas as coisas materiais, mas também os sentimentos negativos que vamos acumulando, em que vira um ciclo vicioso em que perturba a nossa vida e a vida das pessoas que convivemos e que criamos vínculos. 

Temos que compreender que antes de tudo somos seres espirituais, em passagem pelo mundo material. Nós não pertencemos a este mundo físico, que é o mundo das ilusões, estamos aqui para aprender e depois voltar para casa, que nossa casa é a pátria espiritual. A partir do momento em que compreendermos isso, vamos revendo a nossa vida, e deixando para trás tudo que nos causa cansaço, tristeza, ao prendimento as coisas materiais. Lembremos sempre da importância de cultivar os bons pensamentos e sentimentos, e saber usar a matéria sem que ela nos use. 

Paz na terra, boas idéias e luz a todos nós! 

Um comentário:

  1. Sabe, este blog ta mim ajudando a refletir mais sobre as minhas atitudes, em muitos outros aspectos. Obrigada a quem quer que seja.

    ResponderExcluir

Todos podem deixar seu comentário no Jardim Espírita. Se for caso de resposta, responderei assim que poder, podendo levar alguns dias.
Não publicarei comentários que contenham termos vulgares, palavrões, ofensas, publicidade e dados pessoais (como e-mail, telefone, endereços, etc.). Então fiquem a vontade para comentar!