Translate

domingo, 15 de março de 2015

Post196.: O HOMEM TEM SEU LIVRE-ARBÍTRIO OU ESTÁ SUBMETIDO À FATALIDADE?

          Se a conduta do homem estivesse submetida à fatalidade, ele não  teria nem responsabilidade do mal, nem mérito do bem; desde então toda punição seria injusta e toda recompensa sem sentido. O livre-arbítrio do homem é uma consequência da justiça de Deus, é o atributo que lhe dá sua dignidade e o eleva acima de todas as outras criaturas. Isso é tão verdadeiro que a estima dos homens, uns pelos outros, está em razão do livre-arbítrio; aquele que o perde acidentalmente, por doença, loucura, embriaguez, é lamentado ou desprezado.

         O materialismo, que faz depender do organismo todas as faculdades morais e intelectuais, reduz o homem ao estado de máquina, sem livre-arbítrio,a consequência seria que o indivíduo não teria responsabilidade do mal e nem o mérito do bem que ele faz.



Fonte: O que é o Espiritismo – Allan Kardec 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem deixar seu comentário no Jardim Espírita. Se for caso de resposta, responderei assim que poder, podendo levar alguns dias.
Não publicarei comentários que contenham termos vulgares, palavrões, ofensas, publicidade e dados pessoais (como e-mail, telefone, endereços, etc.). Então fiquem a vontade para comentar!