Translate

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Post.111: VIAGEM ASTRAL: UMA EMANCIPAÇÃO DA ALMA

A emancipação da alma é a capacidade que todo ser humano tem de projetar a sua consciência para fora do corpo físico. Quase todas as noites nos projetamos, mas o cérebro apresenta dificuldades para registrar lembranças de eventos de quando a consciência está fora do corpo. Por isso, confundimos certas viagens astrais com sonhos.

Essa experiência tem diversos nomes dependendo do segmento doutrinário, como: Viagem Astral (Esoterismo); Projeção Astral (Teosofia); Experiência Fora do Corpo (Parapsicologia); Viagem da Alma (Eckancar); Projeção do Corpo Psíquico ou Emocional (Rosa Cruz); Projeção da Consciência (Projeciologia); e para o Espiritismo Desdobramento, Desprendimento Espiritual ou Emancipação da Alma.

Vamos chamar os espíritos que passam por essa experiência de projetores. Há projetores que só se projetam próximos ao seu corpo físico, dentro do ambiente que está dormindo, sem jamais se projetar para lugares distantes, já outros pode ir para lugares distantes, sendo conhecidos ou desconhecidos. E muitos sonhos de vôo e de queda estão relacionados diretamente com a movimentação da alma durante a projeção da consciência. Vejamos os tipos de emancipação:

Emancipação da alma involuntária
                Neste tipo de emancipação a pessoa sai do corpo sem querer e não entende como isso acontece. Em alguns casos a emancipação ocorre antes mesmo da pessoa adormecer, mas, em geral, é quando a pessoa se deita e adormece normalmente, e “desperta” flutuando fora do seu corpo físico. Na maioria das vezes, a pessoa projetada observa seu corpo físico adormecido e fica assustada. Já outros ficam em desespero e mergulham no corpo físico violentamente para sair daquela situação estranha à elas. Outros pensam que estão vivendo um pesadelo e procuram desesperadamente acordar seu corpo físico. Já outras pessoas que se projetam involuntariamente se sentem tão bem nessa situação que não se questionam e não se assustam pelo fato, e nem como ocorreu e por que, pois a sensação de liberdade e flutuação é tão boa que nada mais importa para elas. Quando despertam no corpo físico, muitos imaginam terem tido um sonho bom.  Assim, a pessoa não tem conhecimento do que ocorre e, por isso, vem o medo de tal experiência, esse medo está na razão direta da falta de conhecimento das pessoas sobre esta questão.

Emancipação da alma voluntário
                Neste, a pessoa sai do corpo pela sua vontade, e comanda o desenvolvimento da experiência e está totalmente consciente do que está acontecendo fora do corpo físico. Podendo observar seu corpo carnal com tranquilidade; viajar para lugares diferentes ou conhecidos do plano físico ou extrafísico; podendo voar e atravessar objetos físicos; se encontrar com outros projetados ou espíritos desencarnados... E volta para o corpo físico à hora que desejar. Assim, a pessoa tem pleno conhecimento do que ocorre e procura desenvolver o processo segundo a sua vontade.


Sensações da emancipação

  •  Catalepsia Projetiva                                                                                                       O projetor pode sentir uma paralisia dos seus membros. Essa paralisia é chamada de catalepsia projetiva ou astral; e não pode e não deve ser confundida com a catalepsia patologia, que é uma doença rara. A catalepsia projetiva pode ocorrer tanto antes, quanto após a projeção. Podendo acontecer da seguinte maneira: a pessoa desperta durante o sono e descobre que não pode se mover, estando completamente paralisado, como se uma força invisível impedisse os movimentos. Muitos em desespero,  tenta gritar, mas não consegue, tenta abrir os olhos, mas também não obtém resultado, tendo uma sensação de agonia e de impotência muito fortes. Depois do ocorrido alguns criam fantasias imaginando que um espírito lhe dominou e parou os seus movimentos. Mas, isto é o efeito da catalepsia projetada, e ela é benigna, não apresentando nenhum risco e sendo totalmente inofensiva, ela apenas pode produzir a projeção se a pessoa ficar calma e pensar em flutuar acima do corpo físico. Depois de algum tempo, que pode variar de alguns segundos até cerca de três minutos, a paralisia do corpo para e o corpo volta a e mover novamente. O que se pode fazer para "despertar" é ficar parado, respirar lentamente e esperar que passe. Enquanto se concentra na respiração, a mente divaga e quando menos espera o corpo deixa de estar paralisado. Outro conselho é tentar mover um dedo e lentamente o resto da mão, do braço... Até que todo o corpo se mova. Ou piscar os olhos, ou focar em um único músculo e tentar movê-lo.                                                                                                                       
  •  A Sensação de escorregar ou cair em um buraco                                                             Pode também ocorrer pequenas repercussões físicas no início da projeção, principalmente nos membros. Como, quando se está começando a adormecer, tem a sensação de estar escorregando ou caindo por um buraco; isto acontece por causa de uma pequena movimentação da alma no interior do corpo físico.


Estado vibracional
                São vibrações intensas que percorrem a alma e o corpo físico antes da projeção. Na verdade, essas vibrações são causadas pela aceleração das partículas energéticas da alma, criando assim um circulo fechado de energias. Essas energias são totalmente inofensivas e tem como finalidade a separação dos dois corpos, o físico do espiritual.



    Portanto, se você se encontrar nessa situação durante a noite ou durante o dia, e caso não pretenda se projetar fora do corpo físico, e queira recuperar o controle do corpo carnal, basta ter calma e tentar mover um dedo da mão ou uma pálpebra, que imediatamente, readquirirá o movimento.  Mas, se você quiser passar por tal experiência, não tente se mover; fique calmo e pense firmemente em sair do corpo e flutuar acima dele, não tenha medo nem ansiedade e a projeção se realizará.

             Mas, todas as nossas atitudes devem ser tomadas com total consciência e responsabilidade, pois nada deve ser feito de uma forma de brincadeira ou por curiosidade. Mas, temos que ser informados sobre temas como esses, que muitas vezes acontece no nosso dia a dia.


Se você já passou por uma experiência assim, compartilha conosco. 

11 comentários:

  1. Oi gostei do blog. Veja as previsões de Aline, da Cidade das Pirâmides, para o ano de 2014. https://www.youtube.com/watch?v=6v_iFO6_dyc Abçs

    ResponderExcluir
  2. Eu as vezes sinto catalepsia projetiva. Esse mês mesmo, estava cochilando e despertei, só que eu nem tava totalmente acordada e nem dormindo, é como se estivesse em suspensão,mas tava sabendo o que estava acontecendo com o meu corpo, que não conseguia me mexer e nem abrir os olhos nisso tentei fazer o máximo possível pra me mexer e não conseguir. Não entrei em pânico e nem fiquei preocupada apenas fiquei quieta e depois de alguns minutos tudo voltou ao normal, me mexendo normalmente. Essa postagem foi bem interessante, e esclarecedora.

    ResponderExcluir
  3. OLá amigos do Jardim, meu nome é Patrick, já tive experiências de catalepsia astral, é algo realmente atormentador para quem não conhece pois a pessoa fica imobilizado sem condições algumas de movimento ou de tentar gritar porque eu tive isso e sei como é eu tentei gritar mas apenas saiam grunidos, tentei me mover mas eu estava paralisado da cabeça aos pés nisso foi me dando um medo muito grande senti sombras ao meu redor meus olhos estavam abertos mas não podia fazer nada mesmo fechando eles, ainda via as sombras, nisso a paralisia corporal a vontade de me mover de gritar mas era sem resultado nisso imagino que meu espirito tenha dado um salto de volta para o corpo nisso eu dei um pulo da cama literalmente eu pulei da cama senti meu coração bater muito forte e do nada voltei a apagar nisso eu sei que ocorreu pois muitas e muitas vezes eu me recordo de cada sonho ou cada sensação que eu tenha tido é como se fosse para lembrar de cada coisa e aprender que tudo tem seu propósito, agradeço a Deus pela oportunidade de reviver cada momento em sonho que tive.
    Obrigado amigos do Jardim.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tenho algumas experiências assim e gostaria de conversar com vc para entender melhor. Podemos? Fique com Deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana, me envia o seu endereço de e-mail (não vou publica-lo), para possamos conversar. Estou no aguardo...
      Harmonia, boa ideias e luz pra você! :D

      Excluir
  5. Boa tarde a todos! já aconteceu comigo a muitos anos atrás, uma única vez, lembro que senti muito medo, um desespero tremendo pois eu achava que tinha morrido e queria que soubesse que estava vivo, eu achei que ia ser enterrado vivo pois iam achar que eu etava morto, foi horrível, se tivesse o esclarecimento que tenho hoje, não teria passado por esse aperto...Ah, gostei muito do blog!

    ResponderExcluir
  6. Agradeço a todas as pessoas que estão compartilhando aqui no Jardim Espírita as suas experiências de emancipação da alma. É muito importante que possamos trocar essas vivencias, pois muitas pessoas passam por tal experiência e desconhece a razão, pensam que estão mortas, ou morrendo, ou ficando loucas... Mas a partir das experiências de outros, as pessoas percebem que é algo normal, natural a experiência da emancipação da alma, em que uns tem experiências boas, harmoniosas e outros desconfortáveis, ou violentas... Fiquem a vontade para compartilhar as suas experiências de emancipação da alma, e assim vocês estarão ajudando outras pessoas que por aqui passam. Agradeço a todos vocês pela confiança! Abraços a todos. Luz, harmonia e que Mestre Jesus nos Ampare sempre! :-)

    ResponderExcluir
  7. Olá Celso! Não publiquei o seu comentário por causa do seu e-mail, pois eu não publico e-mail. Mas te enviei um e-mail para o endereço que você me passou. Que Jesus nos ampare sempre!

    ResponderExcluir
  8. Olá! Esta é a segunda vez que comento no seu blog, em poucos dias! Tenho lido bastante seus posts e aprendido a cada dia, obrigada!!
    Estava procurando nos postes algo como "sonho consciente, lúcido" ou algo assim e achei essa publicação. Há alguns meses tive um sonho que parecia muito real, com início,meio e fim sabe? Muitos detalhes e sensações que pareciam tão reais...
    Acredito que tenha sonhado com uma vida passada.
    Chegava na casa da minha mãe (minha mãe mesmo) em outra época (era uma casa enorme, em madeira), mais ou menos 1800's, com meu marido (atualmente, meu noivo) para um almoço em família. Eu tinha uma irmã muito doente (minha prima atualmente, que hoje sofre de bipolaridade) e quando entrei na casa a vi de longe, e pude ver que atrás dela havia a sombra escura de uma mulher aparentemente gorda e velha - era um espírito que a estava influenciando.
    No sonho meu então marido saiu com os outros homens para caçar. Essa minha irmã tinha três filhos, uma menina e dois meninos e eu sentia um amor gigantesco pelo caçula. Resumindo: ela colocou fogo na casa com todas nós dentro. Mas dentro de mim eu sentia que meu marido chegaria e nos salvaria. Eu estava mesmo era preocupada com o caçula dela. Não creio que tenhamos morrido naquele incêndio, não estava com uma sensação ruim.
    Acordei com o corpo todo dormente e por alguns segundos não consegui me mexer.
    Foi incrível!!!! Também não acordei com uma sensação ruim, mas ao contrário, depois do susto em sentir meu corpo assim, agradeci muito a Deus por esse sonho ou lembrança.
    Você poderia falar um pouco sobre isso?
    Muito obrigada mais uma vez!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mariana. Fique a vontade para comentar, e ver todo o conteúdo do Jardim Espírita, pois os conteúdos estão publicados para isso. E espero que cada um lhe seja muito útil. Fico feliz que esteja gostando do Jardim Espírita.

      Interessante essa sua experiência espiritual, Mariana. Realmente, teve muitos detalhes, e você saber até a época. E o que caracteriza também que foi uma vivência espiritual, é como seu corpo físico estava quando você acordou, (“Acordei com o corpo todo dormente e por alguns segundos não consegui me mexer.”), que é a catalepsia projetiva, como tem na postagem acima; em que o projetor pode sentir uma paralisia dos seus membros, tanto antes, como depois da projeção.

      Possivelmente, pode ter sido uma lembrança de uma vida passada. Há pontos interessantes, como em relação a sua prima, que no sonho era sua irmã, em que era uma pessoa muito doente, e na vida atual ela sendo a sua prima, sofre de bipolaridade. Outro ponto, é que você conseguiu ver uma mulher influenciando a sua irmã no sonho; seria uma influência negativa ou positiva? Se for uma influência negativa, possivelmente a sua irmã no sonho poderia sofrer de obsessão. Chegando ao ponto de provocar um incêndio na casa, devido a perturbações.

      Os fatos que mim chamou mais atenção nesta sua vivencia espiritual, foi em relação a sua irmã no sonho e ao seu sobrinho caçula no sonho. O amor que você sentia por ele, de querer protegê-lo.

      Sabemos que tivermos já varias vidas, e muitas delas com as pessoas que compõem nossa família atual, e as pessoas do nosso convívio. Nada é por acaso. O seu sonho foi rico em detalhes, isto PODE ter sido uma lembrança de uma vida passada sim, em que Deus permitiu você lembrar, mas se houve realmente está permissão de lembrar desta vida, e deste momento em especial, é porque deve haver algum aproveitamento desta informação para algum entendimento, e para ajuda ao próximo. O que causou mais relevância em seu sonho foi a sua prima na vida atual. Será que Deus permitiu que você lembrasse deste momento para que hoje você possa ajudar a sua prima na vida atual, já que ela sofre de bipolaridade?

      Espero que minha resposta tenha sido útil a você em algum ponto.
      Te agradeço Mariana, por você ter a confiança de dividir essa sua experiência. Fique a vontade para comentar quando quiser, e ver todo o conteúdo do Jardim Espírita. :D

      Deus te abençoe. E Jesus nos ampare sempre.
      Paz, Luz e Harmonia.
      Jardim Espírita.

      Excluir

Todos podem deixar seu comentário no Jardim Espírita. Se for caso de resposta, responderei assim que poder, podendo levar alguns dias.
Não publicarei comentários que contenham termos vulgares, palavrões, ofensas, publicidade e dados pessoais (como e-mail, telefone, endereços, etc.). Então fiquem a vontade para comentar!